Exibir tudo

Repúblicas

O Projeto de Acolhimento Institucional na modalidade de República é desenvolvido pelo Avante Social, em parceria com a Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, por intermédio da Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania – SMASAC, desde o ano de 2018.

A ideia de república se aproxima à de uma casa em que os jovens se envolvem nas atividades cotidianas de um lar, compartilhando arrumação e limpeza, lavagem de roupa, cozinha e organização de contas. Lá, eles trabalham e estudam. São acompanhados por equipes de educadores sociais, que não moram no imóvel, mas têm turnos de trabalho de atendimento 24 horas.

Este serviço oferece proteção, apoio e moradia subsidiada a grupos de jovens maiores de 18 anos em estado de abandono, situação de vulnerabilidade e risco pessoal e social, com vínculos familiares rompidos ou extremamente fragilizados e sem condições de moradia e autossustentação. O atendimento deve apoiar a construção e o fortalecimento de vínculos comunitários, a integração e participação social e o desenvolvimento da autonomia das pessoas atendidas.

O serviço de acolhimento na modalidade de república é destinado a jovens entre 18 e 21 anos que tiveram seu desligamento do serviço de acolhimento para crianças e adolescentes. Possui tempo de permanência limitado, podendo ser reavaliado e prorrogado em função do projeto individual formulado em conjunto com profissionais de referência. O programa tem como objetivo apoiar a qualificação e inserção profissional e a construção de um projeto de vida aos jovens.

Atualmente, o Avante Social conta com duas unidades de República, uma masculina e uma feminina, com capacidade de atendimento para 6 jovens em cada unidade, localizadas em áreas residenciais, com fácil acesso a mecanismos de mobilidade capazes de garantir a autonomia dos jovens.

Interessou? Venha participar!

Preencha o formulário e aguarde o nosso contato.